Conheça 14 benefícios eficazes da romã para a saúde

Conheça 14 benefícios eficazes da romã para a saúde

A romã está entre as frutas mais saudáveis ​​da terra. Ela contém uma variedade de compostos vegetais benéficos, inigualáveis ​​por outros alimentos. Muitos estudos mostraram que essa fruta têm benefícios incríveis para o seu corpo e podem reduzir o risco de vários tipos de doenças.

A romã, é um arbusto que produz uma fruta vermelha. Essa fruta é vermelha por dentro, mas sua casa pode variar de vermelha a amarelada. Além disso, é redonda e tem mais ou menos o tamanho de uma maçã. A casca de romã é espessa e não comestível, mas você pode usá-la para fazer chás que também trazem vários benefícios para a saúde.

Valor nutricional da romã

As romãs têm um perfil de nutrientes impressionante: uma xícara de suas sementes (174 gramas) contém:

  • – Fibra: 7 gramas
  • – Proteína: 3 gramas
  • – Vitamina C: 30% da IDR
  • – Vitamina K: 36% da IDR
  • – Folato: 16% da IDR
  • – Potássio: 12% da IDR

As sementes de romã também são muito doces, com uma xícara contendo 24 gramas de açúcar e 144 calorias. No entanto, onde as romãs realmente brilham é em seu conteúdo de compostos vegetais poderosos, alguns dos quais têm potentes propriedades medicinais.

Além disso, as romãs têm um teor de antioxidantes três vezes maior do que o chá verde ou o vinho tinto, de acordo com um estudo publicado em 2000 no “Journal of Agricultural and Food Chemistry”. Juntamente com outros benefícios nutricionais, esse estudo contribuiu para a percepção de que a romã é uma super fruta.

Um dos principais antioxidantes dessa fruta é um polifenólico chamado punicalagina, que é encontrados no suco e casca de uma romã. Antioxidantes são compostos que neutralizam moléculas de oxigênio instáveis ​​conhecidas como radicais livres. Esses radicais livres danificam células e tecidos, o que aumenta a inflamação em seu corpo. De acordo com um relatório do Centro de Saúde e Aconselhamento da Universidade do Tennessee, os antioxidantes ajudam a reduzir a inflamação em seu corpo. A inflamação desempenha um papel significativo em diversas doenças, por isso, combatê-la é especialmente bom para manter a saúde.

Romã para que serve?

A fruta romã é bastante versátil. Sendo assim, você pode consumi-la abrindo-a e mastigando suas sementes, ou ainda pode pode usá-las para fazer suco. Além disso, você pode fazer o xarope de romã e, com sua casca, folhas e flores preparar o chá de romã. Como preparar essas receitas e seus benefícios, estão mais na continuação deste texto.

Existe ainda o óleo de romã e o extrato de romã, que tem alta concentração de antioxidantes e pode ser comprado em cápsulas para tomar diariamente.

Benefícios da romã

Benefícios da romã

Como podemos imaginar, a romã tem diversos benefícios para a saúde, portanto, vamos conhecê-lo a seguir:

Previne problemas cardíacos

A doença cardíaca é atualmente a causa mais comum de morte prematura no mundo. É uma doença complicada, impulsionada por muitos fatores diferentes. Uma ingestão regular de romã pode manter um bom fluxo de sangue no corpo. Por causa dessa propriedade, subsequentemente, diminui o risco de ataque cardíaco e derrame. Os componentes antioxidantes desta fruta ajudam a evitar o acúmulo de colesterol ruim e, assim, mantêm as artérias livres de qualquer coágulo. Isso ocorre porque as romãs têm a capacidade de tornar o sangue mais fino.

Além disso, o ácido púbico, o principal ácido graxo da romã, pode ajudar a proteger contra várias etapas do processo da doença cardíaca.

Em um estudo com 51 pessoas com colesterol alto e triglicerídeos, 800 miligramas de óleo de romã por dia, durante 4 semanas mostraram reduzir significativamente os triglicerídeos.

Outro estudo analisou os efeitos do suco de romã em pessoas com diabetes tipo 2 e colesterol alto. Eles notaram reduções significativas no colesterol LDL, bem como outras melhorias.

A romã também demonstrou, em estudos em animais e humanos, proteger as partículas de colesterol LDL da oxidação, uma das principais etapas no caminho para doenças cardíacas.

Combate problemas de estômago

A casca de romã e suas folhas são usadas para acalmar distúrbios do estômago ou diarreia causada por qualquer tipo de problemas digestivos. Beber o chá dessa fruta também ajuda na cura de problemas digestivos. O suco de romã também é usado para reduzir problemas como disenteria e cólera.

Combate o câncer

Romãs contêm altos níveis de antioxidantes chamados flavonoides. Estes flavonoides são conhecidos por serem eficazes na neutralização de vários radicais livres causadores de câncer. As pessoas que enfrentam um alto risco de câncer de próstata e de mama devem começar a beber suco de romã, pois isso as ajudará a reduzir o risco de desenvolver câncer. O consumo regular de romãs pode ajudar na luta contra as células cancerosas existentes também.

O câncer de próstata é o tipo mais comum de câncer em homens. Estudos laboratoriais mostraram que o extrato de romã pode retardar a reprodução de células cancerígenas e até mesmo induzir a apoptose (morte celular) em células cancerígenas.

O PSA (antígeno específico da próstata) é um marcador sanguíneo para câncer de próstata. Homens cujos níveis de PSA dobram em um curto período de tempo correm maior risco de morte por câncer de próstata.

Já o câncer de mama é o tipo mais comum de câncer nas mulheres. O extrato de romã foi mostrado para inibir a reprodução de células de câncer de mama, e pode até matar algumas delas. No entanto, isso está limitado atualmente a estudos de laboratório e, mais pesquisas são necessárias.

Potentes efeitos anti-inflamatórios

A inflamação crônica está entre os principais condutores de muitas doenças fatais. Isso inclui doenças cardíacas, câncer, diabetes tipo 2, doença de Alzheimer e até mesmo obesidade.

A romã possui potentes propriedades anti-inflamatórias. Estudos mostraram que essa substância pode reduzir a atividade inflamatória no trato digestivo, bem como em câncer de mama e células de câncer de cólon.

Cuida da saúde bucal

As romãs, com suas propriedades antibacterianas e antivirais, ajudam a reduzir os efeitos da placa dental e protegem contra várias doenças bucais.

Previne a osteoartrite

As romãs ajudam a reduzir muitas doenças, incluindo a aterosclerose e a osteoartrite. Os danos causados ​​devido ao espessamento e endurecimento das paredes arteriais e das cartilagens, além das articulações podem ser curados pela ingestão desses frutos. Além disso, romãs são capazes de impedir a criação de enzimas que são responsáveis ​​pela quebra dos tecidos conjuntivos dentro do corpo.

Trata anemia

O fluxo sanguíneo saudável pode ser mantido no corpo consumindo esses frutos. As romãs fornecem ferro ao sangue, ajudando a reduzir os sintomas de anemia, como exaustão, tontura, fraqueza e sonolência.

Controla a diabetes

Para pacientes diabéticos, a romã pode reduzir o risco de várias doenças coronarianas. Junto com isso, há uma redução no endurecimento das artérias, o que inibe o desenvolvimento de várias doenças cardíacas.

Trata a disfunção erétil

Uma pesquisa publicada no Journal of Urology, afirma que a romã pode ser muito útil na cura de disfunções eréteis com base em estudos com animais. Pesquisadores da Universidade da Califórnia e Beverly Hills também descobriram que essa fruta melhorou as disfunções eréteis em um teste de amostra realizado em 61 homens.

Baixa a pressão arterial

A hipertensão arterial (pressão alta) é um dos principais condutores de ataques cardíacos e derrames. Em um estudo, pessoas com pressão alta tiveram uma redução significativa após consumirem uma romã diariamente por duas semanas.

Outros estudos encontraram efeitos similares, especialmente para a pressão arterial sistólica (o maior número na leitura da pressão arterial).

Combate a artrite e a dor nas articulações

A artrite é um problema comum. Existem muitos tipos diferentes, mas a maioria deles envolve alguma forma de inflamação nas articulações.

Dado que os compostos vegetais da romã têm efeitos anti-inflamatórios, faz sentido que eles possam ajudar a tratar a artrite. Curiosamente, estudos de laboratório mostraram que o extrato de romã pode bloquear enzimas que danificam as articulações em pessoas com osteoartrite.

Também foi demonstrado que é benéfico contra a artrite em camundongos, mas há muito pouca evidência em humanos até agora.

Combate infecções bacterianas e fúngicas

Os compostos vegetais da romã podem ajudar a combater microrganismos prejudiciais. Por exemplo, eles mostraram ser benéficos contra alguns tipos de bactérias, assim como a Candida albicans, responsável por alguns tipos de infecção oral e vaginal em humanos.

Os efeitos antibacterianos e antifúngicos também podem ser protetores contra infecções e inflamação na boca. Isso inclui condições como gengivite, periodontite e estomatite protética.

Ajuda a melhorar a memória

Há algumas evidências de que a romã pode melhorar a memória. Em um estudo em pacientes cirúrgicos, 2 gramas de extrato de romã impediram déficits de memória após a cirurgia.

Outro estudo com 28 idosos com queixas de memória, constatou-se que consumir uma romã por dia melhorou significativamente os marcadores de memória verbal e visual nos participantes.

Além disso, há também algumas evidências de estudos em camundongos que a romã pode ajudar a combater a doença de Alzheimer.

Ajuda no desempenho do atlético

A romã é rica em nitratos, que demonstraram melhorar o desempenho no exercício físico. Em um estudo com 19 atletas correndo em uma esteira, um grama de extrato de romã 30 minutos antes do exercício aumentou significativamente o fluxo sanguíneo.

Isso levou a um atraso no início da fadiga e a um aumento na eficiência do exercício. Mais estudos são necessários, mas parece que a romã pode ser benéfica para o desempenho físico, semelhante ao suco de beterraba.

Como comer romã

Antes de comer uma romã, é importante que você escolha uma fruta boa para consumo. Algumas das coisas importantes a serem observadas ao escolher uma romã incluem a cor e a textura.

Em primeiro lugar, sempre procure por romãs que sejam vermelhas brilhantes ou vermelhas escuras. Estas frutas estão próximas da maturação e serão mais doces do que aquelas frutas que são rosa ou vermelho pálido.

Em termos de textura, a pele deve ser lisa e firme, sem enrugar ou franzir a casca. A forma também não deve ser um círculo perfeito. Você deve pegar uma romã que esteja partindo, o que significa que ela está madura.

Depois de escolher a romã perfeita, remova a pequena flor no topo da fruta com uma faca. Em seguida, corte-a em quatro partes. As sementes podem se soltar, mas geralmente são mantidas no lugar com as membranas ao redor.

Após, remova as sementes da fruta cuidadosamente e já pode consumi-las. Você pode comê-las cruas ou fazer suco de romã.

Chá de romã

Chá de romã

Existem algumas maneiras diferentes de preparar o chá de romã, com sua casca, folhas ou as flores secas. O chá de romã para garganta inflamada é um dos usos mais conhecidos desta bebida. Esse chá ajuda a tratar problemas de garganta devido a suas propriedades anti-inflamatórias. Além disso, assim como a fruta, este chá tem vários benefícios para a saúde, tais como:

Protege a saúde do coração

Uma extensa pesquisa mostrou que os ingredientes ativos do chá de romã são capazes de reduzir a pressão arterial e reduzir os níveis de colesterol total. Isso é útil para reduzir aterosclerose, ataques cardíacos, derrames e doenças coronarianas.

Previne o câncer

Existem poderosos flavonoides e antioxidantes no chá de romã que são conhecidos por neutralizar células potencialmente cancerígenas antes de se espalharem. A combinação de suco de romã com seu chá normal pode tornar esses efeitos ainda mais poderosos.

Reduz a inflamação

Consumir regularmente este chá tem sido associado a uma redução na resposta imune, que pode reduzir a inflamação desnecessária no corpo. Isso também pode ajudar a aliviar os sintomas de doenças comuns como artrite, gota e dores de cabeça crônicas.

Perda de peso

Tomar o chá de romã diariamente pode dar o seu metabolismo um grande impulso, o que pode ajudar a melhorar o seu potencial de queima de gordura. Isso significa mais calorias sendo queimadas todos os dias.

Como fazer chá de romã

Ingredientes:

  • – 10 gramas da casca de romã
  • – 1 xícara de água

Preparo:

Coloque a água no fogo e quando ferver e acrescente a casca de romã. Após, desligue o fogo, tampe e deixe a bebida descansar por 10 minutos. Logo depois, coe e tome o chá morno. Faça isso 2 a 3 vezes por dia.

Suco de romã

Suco de romã

Um pouco doce e um pouco azedo, o suco de romã não é apenas surpreendente pelo seu sabor, mas também pelos seus benefícios à saúde. O suco de romã é uma boa fonte de energia e minerais como potássio, cálcio, magnésio, ferro, fósforo, zinco e sódio. Também é rico em antioxidantes e vitaminas tais como vitamina K, vitamina C, ácido fólico, tiamina, riboflavina, niacina, e tem uma quantidade moderada de vitamina E. Dentre seus benefícios estão:

Combate o envelhecimento

Suco de romã tem propriedades anti-envelhecimento que ajudam a retardar o processo de envelhecimento, remover linhas de expressão e reduzir rugas. Ele promove a regeneração de células saudáveis ​​da pele, prevenindo a hiperpigmentação e manchas escuras recorrentes.

Previne a queda de cabelo

O consumo regular de suco de romã é bom para seu cabelo. Ele ajuda a fortalecer os folículos capilares, reduzindo a queda de cabelo. Isso também faz seu cabelo parecer saudável e brilhante.

Melhora a saúde do coração

O suco de romã também é amplamente chamado de “suco saudável para o coração”. Os antioxidantes presentes no suco de romã, especialmente polifenóis, ajudam na redução o mau colesterol, prevenindo a inflamação no revestimento dos vasos sanguíneos, e redução do risco de bloqueio nas artérias. Devido à sua capacidade de ter o efeito anti-aterogênico, reduz significativamente a possibilidade de causar uma obstrução no fluxo sanguíneo para o coração ou cérebro. Também ajuda a aumentar a quantidade de HDL, bom colesterol, exigido pelo nosso corpo.

Reduz Anemia

O suco de romã é uma boa fonte de ferro, portanto, elimina a deficiência de ferro no corpo, reduzindo os sintomas de anemia. Sendo uma fonte extremamente boa de vitamina K, o suco de romã ajuda na coagulação do sangue, e o folato é necessário para a formação saudável de glóbulos vermelhos.

Auxilia na digestão

Uma grande quantidade de fibra dietética solúvel e insolúvel no suco de romã ajuda a melhorar a digestão e regular o movimento do intestino. Ela ajuda no bom funcionamento do estômago. Também ajuda a induzir a fome e controlar a sede. Como não tem colesterol ou gorduras saturadas, é uma boa bebida que mantém o estômago e o fígado saudáveis.

Melhora a saúde óssea

Suco de romã ajuda a aliviar os sintomas de inflamação óssea, osteoporose e artrite. Também é benéfico para pacientes que sofrem de uma condição crônica, como a osteoartrite, pois funciona como um inibidor de enzimas responsáveis ​​pela quebra da cartilagem da articulação.

Reduz a pressão arterial

Como parte de uma dieta saudável, o suco de romã pode ajudar a baixar a pressão arterial, enquanto impede que as plaquetas se agrupem. O potássio presente no suco de romã ajuda a controlar a pressão sanguínea.

Previne o câncer

Estudos mostraram que o suco de romã pode ajudar a prevenir o crescimento de células de câncer de cólon, pulmão, próstata e mama. Beber um copo desse suco diariamente pode diminuir significativamente o progresso do câncer de próstata nos homens. Os antioxidantes presentes neste suco estimulam os glóbulos brancos e neutralizam as toxinas do corpo.

Trata a doença de Alzheimer

Suco de romã pode ajudar a promover a saúde do cérebro. A punicalagina, um antioxidante encontrado nas romãs pode inibir a neuroinflamação responsável por danificar as células cerebrais conhecidas como micrologia. Essas células do sistema nervoso central estão associadas à doença de Alzheimer. Além disso, outros antioxidantes presentes no suco protegem a memória.

Como fazer suco de romã

Ingredientes:

  • – 5 romãs
  • – 500 ml de água
  • – Açúcar a gosto

Preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador, coe e beba logo em seguida para evitar a oxidação e perda de nutrientes.

Xarope de romã

Xarope de romã

O xarope de romã, assim como seu suco, é principalmente indicado para tratar garganta inflamada. Para prepará-lo você deve, primeiramente, extrair o suco da fruta (na quantidade desejada para fazer o suco, um copo basta) e, em seguida, misturá-lo com a mesmo quantidade de mel e levar ao fogo. Deixe ferver por uma hora.

Quando estiver frio, tome uma colher sopa de 3 em 3 horas até sentir alívio dos sintomas de inflamação na garganta.

Riscos e efeitos adversos do suco de romã

Apesar de ser muito saudável, as vezes, tomar suco de romã constantemente pode não fazer tão bem, veja:

Aumenta o açúcar no sangue

O suco de romã tem um teor de açúcar altamente concentrado. A porção de suco de romã tem 134 calorias e 31,5 g de açúcares totais, aproximadamente 50% de glicose e 50% de frutose. Por isso, tomar muito deste suco pode aumentar suas concentrações de açúcar no sangue. Consequentemente, neste sentido, os diabéticos devem ter uma atenção maior com o consumo desta bebida.

Interações medicamentosas

Suco de romã é saudável para beber diariamente. No entanto, pode interferir com alguns medicamentos prescritos, como medicamentos que tratam o colesterol alto e a pressão alta. Uma pesquisa publicada no “American Journal of Cardiology” em 2006, revelou que consumir suco de romã pode aumentar o risco de rabdomiólise. A rabdomiólise é uma condição que envolve lesão muscular que pode causar insuficiência renal. Isso pode ocorrer, por exemplo, se você estiver tomando rosuvastatina, uma droga que trata o colesterol alto. Por isso, se você tiver uma dessas condições, converse com seu médico antes de beber suco de romã diariamente.

Alergias a romã

Alergias a romãs são raras. De fato, os pesquisadores relataram o primeiro caso conhecido em 1991 na revista “Allergy”. Esse caso envolveu uma mulher de 85 anos cuja língua inchou depois de comer a fruta que, segundo a Universidade de Maryland Medical Center, é mais frequentemente vista como um alimento que pode ajudar a combater os sintomas de outras alergias. Mesmo assim, uma alergia a romãs pode ser fatal. Por mais raro que seja, sempre leve a sério a possibilidade de uma alergia.

Os sintomas relatados para alergias a romã são típicos de reações alérgicas a alimentos. Prurido, urticária, inchaço, irritação na garganta e dor de estômago são sintomas comuns. Casos graves podem envolver falta de ar, dificuldade para respirar, inchaço da garganta e choque anafilático. O contato da pele com a romã também pode causar uma reação alérgica, possivelmente resultando em urticária, inchaço abaixo da superfície da pele, corrimento nasal, coceira nos olhos ou dificuldade para respirar.

Caso ocorra uma reação alérgica a romã, os remédios caseiros não são substitutos para os cuidados médicos adequados, mas, você poderá aliviar ao tomar certos cuidados. A recomendação é evitar qualquer contato adicional com alimentos suspeitos de causar uma reação, neste caso, a romã. Se os sintomas envolverem uma condição da pele, tente não irritar a área raspando ou esfregando ou com contato prolongado com água e sabão.

No caso de reações graves, procure atendimento médico imediato. Problemas respiratórios e choque anafilático podem ser fatais. Fique atento a tonturas, desmaios, confusão, sonolência, chiado no peito, inchaço subcutâneo e dor no peito. Para sintomas menos urgentes, você ainda deve consultar seu médico para obter um diagnóstico adequado.

Como plantar romã

Você pode plantar a romã num vaso ou diretamente no solo. É possível fazer o plantio através das sementes, para isso, retire-as da fruta e coloque em solo úmido em buracos de até meio centímetro. Cubra com terra e mantenha-a úmida, mas sem encharcar.

Em 30 a 40 dias as mudas deverão começar a aparecer, então você pode plantá-la num vaso grande ou deixar no solo. Plantada a partir da semente o pé de romã demora mais tempo para dar frutos.

Você também pode comprar uma muda de romã para plantá-la. Nesse caso, escolha um lugar ensolarado do quintal ou onde possa colocar um vaso grande e posicione a muda na terra úmida. Com os cuidados certos a planta irá se desenvolver e dar frutos.

Conclusão

A romã é uma fruta bastante versátil que pode ser usada para diferentes finalidades, que utilizam a fruta por completo. Procure consumir mais dessa fruta, mas tome cuidado com seu suco ou outras preparações com ela, que podem ricas em açúcar.

Este artigo te ajudou?
  • +2 curtiram
  • 0 não curtiram